Edição 22
Out/nov/dez - 2016

A energia de 2016 foi capaz de balançar – e até mesmo transformar - as mais diferentes esferas da sociedade. O Brasil viveu no último ano profundas mudanças políticas e econômicas e ainda não sabemos o impacto disso no caminho que está por vir. Por enquanto sentimos o desconforto das mudanças e dúvidas, mas por outro lado também temos uma página em branco inteira para ser construída. É hora de se reinventar, abrir espaço para o novo. Com isso, contamos com o mais importante desta estrutura: nós mesmos.